Notícias

Rogério Sele assume Diretoria de Distribuição do Grupo CEEE

O administrador de empresas, com especialização em gestão e finanças e administração empresarial, Rogério Sele da Silva, assumiu nesta terça-feira, 19, o cargo de diretor da área de Distribuição do Grupo CEEE.

Por admin / Publicado: 18/06/2007 Última modificação: 18/10/2019 16h25

Compartilhar

O administrador de empresas, com especialização em gestão e finanças e administração empresarial, Rogério Sele da Silva, assumiu nesta terça-feira, 19, o cargo de diretor da área de Distribuição do Grupo CEEE. Natural de Santa Maria, Sele será responsável pelo gerenciamento da empresa junto aos setores que trabalham diretamente com os clientes de energia elétrica dos 72 municípios da área de concessão da Companhia. A CEEE D tem, hoje, 1,36 milhão de usuários, distribuídos nas regiões Sul e Sudeste do Estado, incluindo a capital gaúcha.

Rogério Sele chega à administração do Grupo CEEE para ajudar na qualificação gerencial do trabalho e, dessa forma, melhorar os indicadores técnicos e comerciais da Companhia, resultando em serviços mais eficazes aos usuários de energia elétrica. "Queremos trabalhar pró ativamente, em conjunto com os empregados e os municípios, para que os gaúchos recebam, cada vez mais, os melhores serviços da empresa", disse. Segundo o presidente do Grupo CEEE, Delson Luiz Martini, o novo Diretor terá a missão inicial de implementar o Plano de Investimentos para a área de distribuição da Companhia, no período 2007-2010, previstos em R$ 186 milhões.

Funcionário de carreira do Grupo Hospitalar Conceição, onde ocupou os cargos de gerente financeiro, de materiais e de patrimônio, Rogério Sele foi, também, responsável pela administração dos Hospitais Conceição, Cristo Redentor e Criança Conceição entre os anos de 1987 e 2003. Desde o início de 2007, era o diretor administrativo e financeiro da Metroplan.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres