Notícias

Secretários discutem perspectivas do Setor Elétrico, em Porto Alegre

Atendimento das demandas para a Copa do Mundo de 2014 é um dos temas do encontro

Por admin / Publicado: 16/09/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

Secretários de Estado para assuntos de Energia, de todo o Brasil estiveram reunidos, na tarde de hoje, 16, em Porto Alegre,  discutindo as perspectivas futuras do setor energético brasileiro. Esta foi a terceira reunião ordinária do Fórum em 2010, que é presidido pelo Secretário de Infraestrutura e Logística do Rio Grande do Sul (Seinfra), Daniel Andrade. Durante o evento, o Secretário gaúcho apresentou um balanço das ações do Fórum em 2009 e 2010, destacando a necessidade de uma descentralização e participação dos estados no Planejamento e Gestão do Setor Energético Brasileiro.

Além das perspectivas da energia nuclear no Brasil, apresentadas pelo Diretor-Presidente da Eletrobras Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, e da análise dos leilões de reserva e de fontes alternativas, exposta pelos assessores da Seinfra, José Kaehler e João Carlos Félix, o Diretor Geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Hermes Chipp, fez um panorama dos requisitos energéticos regionais para atendimento das demandas da Copa do Mundo do Brasil, nas 12 cidades-sede do evento.

Entre os principais assuntos destacados por Chipp, estão o Plano de Ação Global, o acompanhamento de  obras e  controle de providências, nas áreas de Transmissão e Distribuição para suprimento adequado de energia elétrica. Para o diretor da ONS, os principais gargalos do desenvolvimento energético são as questões ambientais e as concessões. “Muitas obras de  transmissão aguardam outorga dos órgãos reguladores. Em Porto Alegre, já estão programadas, novas subestações de Distribuição e novas Linhas de Transmissão ", destacou .

Hermes Chipp ressaltou, ainda, que existe um Grupo de Trabalho - GT que discute sistematicamente, com representantes da Aneel, Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e órgãos ambientais, o crescimento do sistema elétrico. “Para esse grupo, a Copa é apenas mais um evento. O foco está no planejamento de segurança energética para os próximos anos. As obras de abastecimento da Copa só irão antecipar as ações para aumentar a confiabilidade no sistema”, finaliza.

Ainda durante o evento, o  secretário de Desenvolvimento Econômico do Rio Grande do Norte, Francisco Cipriano de Paula, tomou posse como vice-presidente de Planejamento Energético do Fórum.

 

Saiba mais sobre o Fórum dos Secretários de Energia

O Fórum é composto por Secretários de Estado e tem como foco principal o desenvolvimento de políticas públicas de energia, direcionado para cinco áreas estratégicas: regulação e renovação das concessões, petróleo e gás, fontes renováveis, planejamento estratégico e ampliação dos conselhos regionais.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres