Notícias

Semana do Meio Ambiente do Grupo CEEE estimula o consumo consciente

Iniciativas preservacionistas fazem parte das ações da empresa

Por admin / Publicado: 02/06/2010 Última modificação: 18/10/2019 16h27

Compartilhar

O Grupo CEEE comemora a Semana do Meio Ambiente com uma programação que inicia neste sábado (05) no litoral norte e estende-se na até 11 de junho. Os eventos ocorrem na sede da Companhia, em Porto Alegre, e em cidades do interior do Estado. No sábado, 05 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, a Companhia integra-se as ações da Prefeitura de Osório e realiza atividades de educação ambiental no município. Na programação, das 09 às 16 horas, no Largo dos Estudantes, em Osório, a CEEE estará oferecendo a Oficina de Ecoarte e o jogo Ecotrilha.

O objetivo da empresa, com essa ação, é aproximar, especialmente às crianças, dos elementos da natureza, estimulando a criatividade e uma reflexão sobre a relação do homem com a natureza. Na Ecoarte, a CEEE disponibiliza um espaço para a criação de obras de arte utilizando materiais de origem vegetal, extraídos exclusivamente dos hortos florestais da empresa, painéis de papelão, cola e giz de cera. Em paralelo, em um tapete, o público pode brincar e aprender dicas importantes sobre cuidados simples no dia-a-dia que ajudam a preservar o ambiente.

Iniciativas preservacionistas fazem parte das ações da empresa

O Grupo CEEE promove diversas práticas socioambientais na empresa, tendo aplicado, somente no último ano, R$ 12 milhões nesse segmento. Desde 2002, o Programa Recicle CEEE, ensina e incentiva a coleta seletiva de lixo seco e orgânico, incluindo o recolhimento de pilhas e baterias de celulares, em todas as unidades da Concessionária, na capital e no interior do Estado. Os resíduos recicláveis são doados a associações de catadores, estimulando, assim, geração de renda em comunidades carentes.

A empresa é, ainda, uma das primeiras do setor elétrico nacional a buscar soluções efetivas para um melhor aproveitamento de cada reservatório, contemplando múltiplos usos (abastecimento, irrigação, navegação, turismo e lazer, entre outros) e atendendo a legislação vigente. Em dezembro de 2009, a Companhia estabeleceu uma cooperação institucional com o Ministério Público Estadual, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Fepam e Famurs, visando a disciplinar o uso e a ocupação do solo no entorno dos reservatórios do Grupo CEEE.

Para o diretor-presidente do Grupo, Sérgio Camps de Morais, a CEEE é, pela natureza de sua atividade, uma empresa envolvida com as questões ambientais. "Esse é um tema cada vez mais relevante para a Companhia, assim como deve ser para todos, e não apenas em uma semana específica. A data serve como estímulo para reforçarmos mensagens e boas práticas nessa área. Hoje, os cuidados com o meio ambiente são variáveis presentes e permanentes, cada vez mais, nas atividades da nossa empresa", afirmou.

A Política de Meio Ambiente da empresa norteia essas ações, inclusive com a implementação de um Sistema de Gestão Ambiental em todas as suas unidades de Geração e estruturas associadas. Na área da Distribuição, as atividades estão a cargo da Divisão de Recursos Florestais e Ambientais, responsável pela gestão socioambiental, pelo viveiro de produção de mudas exóticas e nativas e pelos hortos florestais. As áreas de Geração e Transmissão da empresa possuem uma Divisão de Meio Ambiente com a incumbência de tratar as questões ambientais.

Programas de Reflorestamento e de Piscicultura

Uma das ações promovidas pela empresa é o plantio de eucaliptos e espécies nativas em 14 hortos de proteção ambiental, obtido através do Programa de Reflorestamento e Produção de Postes de Madeira. As árvores plantadas pelo Grupo CEEE necessitam de 12 anos para chegar ao tamanho ideal de um poste. A capacidade de produção do viveiro é de 300 mil mudas nativas por ano, distribuídas em 60 diferentes espécies e em um milhão de mudas de eucalipto por ano. Além de abrandar a poluição, as árvores contribuem para o fim de áreas desertificadas no Estado.

O plantio de florestas destinado à produção de postes é feito há quase 50 anos, sendo a empresa gaúcha a única do Brasil a ser responsável pelo ciclo completo de construção de redes de energia. Este modelo é utilizado na Europa, Estados Unidos e Japão. As redes de distribuição e de transmissão usam postes de madeira preservada, oriunda dos hortos ambientais, mantidos pela empresa. Somente em 2009, a CEEE implantou 360,50 hectares de florestas de eucalipto para a produção de postes, totalizando 612.850 mudas plantadas.

Uma das mais antigas atividades ambientais do Grupo CEEE é a Estação de Piscicultura, localizada junto a Usina Hidrelétrica de Ernestina, no município de Tio Hugo, no Norte do Estado, que foi inaugurada pela empresa em 1972. Entre as ações desenvolvidas pela Estação de Piscicultura está o monitoramento qualitativo e quantitativo da fauna íctica (peixes), realizada em 16 Reservatórios da CEEE, e que serve de subsídio para os programas de Repovoamento e Soltura, os quais ocorrem anualmente. Em 2009, o Programa de Repovoamento de Alevinos contemplou a soltura, devidamente autorizada pelo órgão ambiental, de 410 mil unidades de peixes das espécies Jundiá, Grumatã, Pintado e Traíra nos reservatórios Passo Real, Itaúba, Maia Filho, João Amado, Santa Rosa, Ernestina, Capiguí, Divisa, Blang e Salto – todos da CEEE-GT. Estas atividades integram o Programa de Educação Ambiental da Companhia e contam, sempre que possível, com a participação de ONGs, da Associação de Pescadores, do Batalhão Ambiental, de Prefeituras e Secretarias de Meio Ambiente.

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres