Notícias

A CEEE

Uma pessoa é presa e 107 autuadas por furto de energia

Ação conjunta da CEEE com a Polícia Civil fiscalizou 439 unidades consumidoras na zona Norte de Porto Alegre

Por Andreia Fantinel / Publicado: 29/06/2018 Última modificação: 12/11/2019 14h07

Compartilhar
Prisão

Equipe da CEEE identificou o desvio e a Polícia Civil efetuou a prisão

Uma pessoa foi presa, nessa quinta-feira, 28, durante mutirão de fiscalização para combate a ligações clandestinas ou irregulares de energia, em Porto Alegre. O trabalho envolveu também monitoramento de como estão funcionando os medidores da Companhia e identificou 107 fraudes, em 439 fiscalizações executadas. O trabalho faz parte da Campanha de Combate a Perdas da CEEE, que, desde agosto do ano passado, quando foi intensificada, já recuperou mais de R$ 30,7 milhões.

Desde o início da campanha Fez Gato Pagou o Pato, foram fiscalizadas 28,1 mil unidades consumidoras, das quais 10,5 mil apresentaram irregularidades, que resultaram em 47 pessoas presas em flagrante. Fraude e furto de energia elétrica são considerados crime; e crime continuado, com prisão de até oito anos, pena prevista no Artigo 155 do Código Penal.

Além dos casos em que há atuação das equipes de fiscalização, o próprio consumidor que souber da existência de irregularidade na sua casa pode entrar em contato com a Empresa para regularizar sua situação. O problema é corrigido e a dívida pode ser negociada.

Tags:

Últimas Notícias

Categoria
A CEEE
Data
04/07/2020

CEEE recompõe energia para 99% dos clientes

Categoria
A CEEE
Data
24/06/2020

CEEE-GT vai ampliar capacidade da Usina de Bugres